Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Madame Horror

Madame Horror

11
Set19

IT Chapter 2 Review

Madame Horror

Fui ver a ante-estreia do IT Chapter 2 na passada quarta-feira; tenho a dizer que a decoração no shopping do Colombo estava a condizer a rigor. Boa iniciativa NOS Cinemas Colombo !

Screen Shot 2019-09-11 at 11.32.06.png

Passando ao filme, portanto no geral gostei, saí satisfeita. Acho que se pode afirmar que é um remake de sucesso, o argumento foi bem adaptado do livro IT de Stephen King; claro que não consta tudo do livro, mas os pormenores que constam foram bem escolhidos a meu ver. 

A performance dos actores foram todos spot on ! Parecia que estávamos a olhar para os verdadeiros miúdos na versão adulta, a forma de falar, os jeitos de cada um foram captados por cada um dos actores de forma exímia. Para mim todos destacaram-se de forma equilibrada e todos brilharam, a crítica e o público focaram-se mais na performance do Bill Hader (que faz a personagem do Richie) e do Bill Skarsgard o nosso Pennywise de serviço. Acho que todos esperavam mais da Jessica Chastain (Beverly) e de James Mcavoy, não por culpa dos actores, mas talvez por causa da personagens deles em adultos serem menos complexas que em crianças ou do que o realizador deu a cada um deles trabalharam com o que tinham e conseguiram sem dúvida. 

Para além disto pontos em que destaco:

  • O Pennywise matou mais, apareceu mais e falou mais que no IT Chapter 1, o que foi satisfatório e o actor fez um bom trabalho.
  • Stephen King deu uma de Stan Lee e fez uma cameo, para surpresa dos espectadores, uma boa surpresa sem dúvida.
  • A qualidade de imagem e dos cenários são irrepreensíveis.
  • A dose de humor com sustos foi equilibrada.
  • Gostei de cada um dos personagens terem desafios a serem ultrapassados, relacionados com as vidas íntimas e receios individuais.
  • Ben e Beverly .

Pontos menos conseguidos em que destaco:

  • O Eddie no primeiro filme foi um dos meus preferidos, no entanto, neste foi menos interessante em comparação com os outros actores que se destacaram.
  • A forma como destruiram o Pennywise foi uma forma redutora de bullying basicamente.
  • Não se percebeu a origem do Pennywise, apesar de ter havido uma explicação meio atabalhoada.

Cenas favoritas:

  • O banho de sangue de Beverly e o Ben está a ser enterrado vivo em simultâneo.
  • A canção do Pennywise para o Richie foi uma cena tanto de cómica como de perturbadora.
  • Os desafios individuais.

Que venham os filmes do festival do Motelx !

 

5 comentários

Comentar post